fbpx

Você já ouviu falar em vinho verde? Conheça suas características!

Originário de Portugal, o vinho verde é uma bebida reconhecida mundialmente por suas características únicas e boa qualidade. O comércio desse vinho é representado por números altos: são produzidos em torno de 75 milhões de litros de vinho verde a cada ano.

Você já conhecia essa variedade de vinho? Sabe o porquê de ele ter esse nome? Nesse texto, apresentamos alguns fatos característicos sobre essa bebida e quais os seus tipos. Acompanhe!

Confira os produtos da Metapunto Cosi!

Particularidades do vinho verde

O vinho verde é produzido em uma região de Portugal denominada província do Minho, que fica no noroeste do país lusitano, fazendo fronteira com a Espanha. Esse lugar é conhecido por seu clima influenciado pelo Oceano Atlântico, com temperaturas amenas e boa umidade, condições ideais para a produção de vinhos leves e com alto teor de acidez.

Historicamente, o vinho é cultivado nesta província há mais de 2 mil anos, desde os tempos em que Portugal fazia parte do Império Romano. Desde então, essa variedade da bebida é reconhecida pelos seus diferenciais.

O vinho verde foi legalmente reconhecido no início do século XX, em 1908, com a demarcação oficial da região no noroeste português. Alguns anos mais tarde, em 1926, o comércio do vinho foi regulamentado através da criação da chamada Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes.

Ao contrário do que muitos podem pensar, o vinho verde não recebe esse nome por causa de sua coloração; ele existe em cores variadas. Na verdade, existem duas explicações para essa denominação.

A primeira tem a ver com a geografia: a província do Minho é caracterizada pelo verde fortemente presente na paisagem, o que pode ter levado ao nome do vinho. A segunda explicação, no entanto, é mais aceita: o vinho verde é assim chamado devido ao tempo de maturação das uvas, que é muito mais curto quando comparado aos vinhos tradicionais.

Em termos químicos, é esse curto tempo de maturação da uva que faz com que o vinho tenha suas características particulares, como a acidez acentuada, a leveza e o baixo teor de açúcares e consequentemente de álcool.

Outro aspecto importante da composição dessa bebida é a presença forte do ácido málico, que é o agente que realiza a fermentação.

O sabor do vinho verde é mais voltado para o refrescante, com um toque autêntico de aromas frutados. O consumo recomendado dele é em temperatura mais baixa, variando de 7ºC a 12ºC aproximadamente.

Tipos mais comuns de vinho verde

Como dito acima, o vinho verde existe uma variedade de cores diferentes, cada uma apresentando suas particularidades.

O vinho verde rosado possui tonalidades que vão do rosa claro ou rosa mais intenso, dependendo da composição. É uma bebida com tom refrescante e sabor marcado pelas frutas vermelhas.

Já o vinho verde tinto é a união entre as características de frutas silvestres com a acidez e leveza características das bebidas produzidas na província do Minho.

O vinho branco é a variação mais comercializada do vinho verde. Assim como com as outras colorações, o vinho branco possui um toque de frescor e aromas de frutas e de flores, o que confere sua autenticidade.

Fontes:

Blog Famiglia valduga

Blog Artdescaves

Blog Tintos e Tantos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação Idade

Você precisa ter 18 para acessar esse conteúdo. Confirma ser maior de idade?

Aproveite com responsabilidade.
× Dúvidas?